Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 31/08/2020

Ontem: A nova abordagem de política monetária do Fed continuou a ecoar positivamente no mercado global e doméstico na sexta-feira, com o dólar afundando junto com o Índice Dólar e o Ibovespa ganhando impulso para retomar os 102.000 pontos. Juros futuros recuaram e moedas emergentes foram favorecidas. Como os ativos domésticos andaram pressionados pelo receio fiscal interno, a reação, para o lado oposto, acabou sendo mais forte, principalmente no cambio e nos juros. Também contribuíram com o movimento local a informação de que o ministro Paulo Guedes permanece no cargo, com mais tempo para encontrar saídas para o Renda Brasil, e o repasse de recursos do BC para o Tesouro, o que ajudará na gestão da dívida pública, reforçando o colchão de liquidez. Na semana, o dólar caiu 4,1%, a maior queda semanal desde junho, e o Ibovespa subiu 0,6%, na segunda semana seguida de ganhos. LÁ FORA, as bolsas americanas subiram. O S&P 500 registrou novo recorde pela sexta sessão seguida. Nasdaq também alcançou máximas históricas.


Hoje: O índice dólar interrompe a baixa vista na sexta feira . Bolsas sustentam rali e metais avançam com PMIs na China sinalizando que retomada pós-pandemia no país prossegue. Exterior tem agenda reduzida na abertura de semana que terá payroll nos EUA. No Brasil, destaque semanal é o PIB do 2º trimestre, que mostrará queda profunda, mas produção industrial de julho deve manter reação dos meses anteriores. Nesta segunda, BC divulga Focus e resultado primário consolidado após déficit do governo central menor que previsto na sexta. Enquanto o Renda Brasil foi adiado, definições fiscais avançam com envio do orçamento hoje e anúncio do valor do auxílio emergencial amanhã. Na cena corporativa, onda de IPOs favorecida pelos juros baixos segue aquecida. Trump reduz cota de importação de aço do Brasil.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt