Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 30/10/2020

Ontem: Juros futuros caíram nos vértices curtos e médios, após o comunicado considerado mais dovish do Copom e leilão de títulos do Tesouro com oferta maior e boa demanda. Dólar chegou a apagar alta à tarde diante de maior apetite ao risco no exterior, mas retomou avanço. O Ibovespa conseguiu se recuperar junto com NY. Lá fora, PIB recorde dos EUA contrabalançou em parte o receio pelo avanço do coronavírus, que seguiu no radar dos investidores. O S&P 500 subiu 1,2% depois que o presidente Donald Trump disse que planeja um grande pacote de estímulos para depois das eleições.


Hoje: Futuros em NY caem com resultados frustrantes de gigantes da tecnologia como a Apple. Bolsas europeias e moedas não são contaminadas por ora, mas a volatilidade em Wall Street pode adicionar cautela no Brasil. Mercado brasileiro fechará no feriado de finados na segunda-feira, sem poder reagir a eventuais desdobramentos da covid, que volta a bater recorde nos EUA às vésperas da eleição da próxima semana. Congresso fala em retomar votações como a da autonomia do BC na próxima semana, mas por ora ainda não há notícia sobre acordo nas questões que vinham travando a agenda econômica. CMN adia regra de recebíveis e Bolsonaro promete reeditar decreto sobre parceria privada na Saúde. Agenda local destaca resultado fiscal consolidado, após déficit menor que previsto do governo central ontem, e taxa de desemprego, depois de Caged acima do previsto. Na cena corporativa, Maluhy substitui Bracher como CEO do Itaú e Pacaembu cancela IPO. EUA divulgam hoje renda e gastos pessoais antes do Fomc na próxima semana.


Bom dia e bom final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt