Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 29/12/2020

Ontem: Pressões de final de ano sobre o câmbio, especialmente de remessas, levaram o dólar a ser negociado acima de R$ 5,31 nesta segunda-feira, mas foram parcialmente desinfladas por um leilão de moeda à vista pelo BC, no qual a autoridade vendeu US$ 530 milhões. Ainda assim, a moeda sofreu a sexta alta seguida e o mercado se aproxima da data de ajuste do overhedge, no fim do mês, na expectativa se o BC terá ainda de fazer novas atuações pontuais. O Ibovespa subiu cerca de 1%, perto de sua máxima histórica, após o presidente dos EUA, Donald Trump, assinar pacote trilionário de ajuda à economia nos EUA, o que levou as bolsas americanas a tocarem recordes.


Hoje: Bolsas globais seguem movimento positivo registrado ontem, ainda com otimismo em relação aos estímulos americanos, combinado às vacinas e acordo do Brexit. Índice dólar segue enfraquecido nessa manha e commodities seguem em alta. No Brasil, o câmbio deve continuar pressionado dado que o BC anunciou para hoje apenas o leilão de 16.000 swaps, mas novas atuações pontuais não devem ser surpresa caso o real volte a descolar das moedas emergentes. Agenda destaca IGP-M, com estimativa de desaceleração, desemprego e resultado do governo central.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt