Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 29/07/2020

Ontem: Um sentimento mais negativo no exterior acabou gerando uma pequena correção nos ativos brasileiros. Em meio a alguns balanços piores do que o esperado nos EUA e novos surtos de coronavírus em vários países, as bolsas americanas caíram e levaram o Ibovespa junto, só que numa intensidade menor de perda. O dólar seguiu na tendência de enfraquecimento global, mas aqui a moeda americana subia até o início da tarde, quando devolveu o avanço e passou a operar entre leves baixas e altas, até fechar em R$ 5,1576 (+0,1%). Juros futuros reduziram a alta vista mais cedo, enquanto mercado acompanhava a discussões sobre o fiscal, reforma tributária e dados de atividade. Secretário do Tesouro, Bruno Funchal, disse que trabalha com teto de gastos até 2026 e a partir daí governo voltaria a ter superávit primário. Caged de junho mostrou reação clara do mercado de trabalho.


Hoje: Dólar recua com moderação e bolsas têm altas brandas no mercado global com expectativa de que o Fed mantenha uma mensagem dovish à medida em que o ressurgimento de pontos de contágio por coronavírus pode desacelerar a retomada econômica. Decisão do Fomc sai às 15:00 e Powell fala a seguir. Commodities avançam com foco em estoques americanos de petróleo e demanda chinesa por minério. No Brasil, destaque após fechamento é o balanço da Vale, com estimativa de US$ 3,73 bi de Ebitda, fechando dia forte em notícias corporativas. Vivo supera estimativa de receita e aprova recompra de ações, CSN tem Ebitda acima do previsto e Santander anuncia lucro a controladores de R$ 2,05 bi. Receita da Minerva frustra previsão e China interrompe compra de unidade da BRF. Guedes tem videoconferência com setor de telecomunicações um dia após Oi disparar com oferta de concorrentes. Covid mostra números um pouco menores, mas sem incluir São Paulo.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt