Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 27/04/2021

Ontem: O dolar cedeu ainda no eco da solução do Orçamento e em meio a um cenário externo que trouxe ganhos à moedas emergentes, com alta das commodities e maior apetite ao risco. O Ibovespa, contudo, não teve forças para acompanhar o comportamento positivo do S&P 500 e do Nasdaq em direção a recordes e fechou perto da estabilidade, ainda mantendo os 120.000 pontos e à espera do balanço da Vale. Hering chegou a disparar mais de 30% na máxima, na maior alta em quase 18 anos, após o anúncio da aquisição pelo Grupo Soma. Marisa, C&A, Guararapes e Lojas Renner também subiram em meio ao movimento de consolidação no setor. Os juros futuros encerraram sessão regular entre a estabilidade e alta nos vértices médios, em ajuste da retirada de prêmio com o desenrolar do Orçamento na semana passada. Lá fora, a alta das bolsas americanas se deu por conta de resultados sólidos de empresas e com investidores confiantes de que o Fed dará continuidade à política acomodatícia com a economia no caminho da recuperação.


Hoje: Ânimo com as reformas que fez o dólar fechar pouco abaixo da média móvel de 200 dias de R$ 5,44 na 1ª sessão da semana pode ser testado hoje. Lira defende reforma tributária e promete tranquilidade fiscal, mas mercado checa se a CPI da Covid, a ser instalada hoje, não vai atrapalhar a agenda do governo. Liminar que tira Calheiros da relatoria gera ruídos, mas não deve ser acolhida no Senado. Mercado externo não traz suporte aos ativos brasileiros. Yields sobem e balanços fortes como o da Tesla não conseguem impulsionar ações globais, já em nível recorde. Da mesma forma, moedas pares do real têm leve baixa, apesar da continuidade do rali do cobre e minério de ferro. Petróleo e preços dos grãos também avançam, sem refletir a marcha da Covid na Índia e outros países. Commodities em alta mantêm o receio inflacionário no Brasil mesmo que o IPCA-15 confirme hoje a estimativa de desaceleração mensal. Bolsa também reage ao resultado da Vale, que mostrou forte crescimento, embora pouco abaixo do estimado, e espera relatório da Petrobras após fechamento. Reunião de Guedes com relator da Eletrobras, IPO da Caixa Seguridade, leilão de NTN-B e INCC também estão na agenda aqui e EUA divulgam confiança do consumidor. Vacinas têm novo revés após Anvisa não aprovar Sputnik V e Butantan detecta variantes suíça e sul-africana em SP.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt