Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 27/04/2020

Sexta: A saída de Sergio Moro do governo, anunciada por ele próprio durante um pronunciamento considerado duro contra Bolsonaro, sacudiu o mercado local, com todos os ativos adicionando prêmios de risco diante da crise política, e os fazendo descolar do movimento positivo do exterior. O dólar chegou a subir quase 4% e só teve o movimento contido parcialmente por uma bateria de leilões de swap e de venda de moeda à vista por parte do BC. Mais de US$ 2 bi de reservas foram usados pela autoridade monetária para atenuar o avanço do dólar, que, mesmo assim, subia quase 2% ao final da tarde. Alguns vértices dos juros futuros chegaram a subir mais de 100 pontos. Precificação de corte da Selic foi reduzida. Ibovespa desabou mais de 5%, sob pressão da B3, bancos e Petrobras. Em pronunciamento no final da tarde, Bolsonaro afirmou, entre outras coisas que Moro disse que trocaria o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, se fosse para o STF. Disse ainda que nunca pediu ao ex-ministro que a PF o blindasse e que está lutando contra o sistema. No EXTERIOR, as bolsas americanas subiram com o impulso de ações dos setores de tecnologia e consumo. O presidente Donald Trump assinou o pacote de ajuda à economia de US$ 484 bilhões. Na Europa, a falta de consenso sobre pacote de alívio para reduzir o impacto do coronavírus na economia pressionou os índices. Hoje: Bolsas sobem e dólar cai no exterior com alívio renovado da pandemia e estímulos do BC do Japão. ETF brasileiro tem alta na Europa. Presidente rebateu ataques no final da tarde e a tensão pode ser realimentada ainda por inquérito pedido pela PGR e possível convocação de Moro pelo Senado. Presença de Guedes no discurso de Bolsonaro foi vista com certo alívio e ministro fala hoje com presidente. Agenda local ainda traz Focus e confiança do consumidor. Fipe mostra deflação mais intensa do que a prevista e energia tem bandeira verde, corroborando ideia de que BC tem espaço para cortar mais os juros. No corporativo, Embraer critica Boeing por cancelar compra. Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt