Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 26/04/2021

Sexta: A sanção do Orçamento dentro do acordo entre o governo e o Congresso e com bloqueio adicional de R$ 9 bi trouxe alívio para o Ibovespa, que subiu 1%, em meio também à forte alta das bolsas em NY, e para os juros futuros, que recuaram. O dólar igualmente se beneficiou disso no início do dia, mas a queda da moeda para nível abaixo da média móvel de duzentos dias criou oportunidade de compras, o que inverteu a sua trajetória para a alta. Por ora, a redução da tensão com o Orçamento ajudou os ativos, mas analistas não deram o problema fiscal por resolvido e temiam pelo surgimento de novos impasses na execução orçamentária ao longo do ano, enquanto o clima entre o ministro Paulo Guedes e o presidente da Câmara, Arthur Lira, continuou azedo após as negociações. Lá fora, as bolsas americanas subiram com small caps na liderança após dados econômicos fortes adicionarem sinais de que a recuperação econômica está em curso. Investidores também focaram atenção nos resultados das empresas.


Hoje: Mercados globais abrem o dia de lado, com viés positivo para moedas emergentes e metais, enquanto investidores aguardam semana movimentada. Decisões do Fed e BOJ, além de dados que devem reiterar o vigor da economia americana, estão no radar. No Brasil, mercado monitora possível avanço da pauta do governo após desenlace do orçamento. Lira promete texto da reforma tributária em 3 de maio, a administrativa inicia audiências, capitalização da Eletrobras pode ter relatório em breve e Rio se prepara para privatizar a Cedae. CPI da Covid e vacinação lenta são contrapontos. Na véspera do IPCA-15 e a pouco mais de uma semana do Copom, IPC-Fipe mostra desaceleração maior que o previsto. Agenda do dia ainda traz contas externas, Focus e IPC-S aqui e bens duráveis nos EUA. No noticiário corporativo, Bradesco aprova recompra de ações e Nubank prepara IPO nos EUA. Vale divulga balanço após fechamento em meio a rali do cobre e minério de ferro.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt