Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 25/01/2021

Sexta: O avanço da pandemia - que esta provocando novos lockdowns no exterior - e o ritmo de vacinação culminaram em aversão global ao risco na sexta-feira. Por aqui, aumento de restrições em São Paulo e temor por aumento de gastos do governo contribuíram para levar o dólar acima de R$ 5,48 na máxima e ampliar a alta dos juros futuros mais longos. Os contratos mais curtos caíram com preocupação do impacto do fechamento do comércio na atividade. O real está entre os piores desempenhos em relação aos pares emergentes e o Banco Central não atuou. Integrantes da equipe econômica se preparam para um agravamento da pandemia no Brasil ao longo do primeiro trimestre e já estimam que o PIB poderá ficar negativo nesse período. O Ibovespa amargou a quarta queda seguida com bancos e Petrobras à frente. O Reino Unido mostrou preocupação com cepas da África do Sul e Brasil e disse que a nova variante pode estar associada a mais mortes. E a Turquia suspendeu voos do Brasil.


Hoje: Mercados externos iniciando a semana mais calmos com bolsas na europa de lado, futuros nos EUA subindo e moedas pares do real se valorizando contra o dólar. Por aqui, o mercado fica fechado por conta do aniversário de São Paulo.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt