Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 24/06/2020

Ontem: A expectativa de estímulos adicionais nos EUA para fazer face aos efeitos econômicos da Covid-19 garantiu um dia positivo para ativos no exterior e aqui, embora ao final da sessão os ganhos tenham sido reduzidos pelo receio com aumento nos casos de vírus. O dólar estendeu queda pelo terceiro dia seguido e o real voltou a ser destaque de performance em cesta de moedas emergentes. A bolsa subiu 0,7%, na quinta alta em seis dias, quase alçando os 96.000 pontos. Os juros longos caíram com medidas do BC para direcionar mais o crédito a pequenas e médias empresas e com a regulamentação da compra de ativos privados no mercado secundário. Já os vértices curtos encerraram próximos à estabilidade após a ata do Copom reforçar sinalização de que o ciclo de flexibilização monetária está próximo do fim, sem descartar corte residual.


Hoje: Aumento de casos de Covid-19 e indicadores da propagação da pandemia colocam em risco planos de reabertura econômica e pausam ganhos de ativos de risco, enquanto notícia de que os EUA planejam impor tarifas a importações vindas da União Europeia e Reino Unido contribui para o comportamento negativo dos mercados. Bolsas e commodities recuam, enquanto moedas têm desempenho misto ante o dólar. UE pode manter restrições à entrada de norte-americanos quando reabrir as fronteiras do bloco e brasileiros também podem ficar de fora, diz o NYT. No país, 39.436 novos casos foram registrados em 24 horas, mas os ativos locais vinham mostrando imunidade aos dados diante do clima externo favorável, o que não se repete hoje. Marco regulatório do saneamento deve ser votado hoje no Senado, que aprovou adiamento das eleições. Dados de investimento estrangeiro direto e transações correntes também estão na agenda do dia, assim como indicadores da dívida federal. Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, se reúne com representantes do WhatsApp, após BC determinar ontem que Visa e Mastercard suspendam pagamentos pelo sistema de mensagem. JBS e Marfrig declaram à China que cumprem regras do Covid-19.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Ontem: A fala de Bruno Serra vista como dovish (flexível) pelo mercado derrubou os juros futuros e ajudou a reduzir a precificação de alta da Selic para as próximas reuniões. O diretor de Política Mon

Sexta: Jerome Powell deu alívio aos mercados ao final de uma semana marcada por forte volatilidade. O presidente do Fed afastou um aperto de juros mais agressivo nas próximas reuniões, apesar de númer

Ontem: A volatilidade dominou a sessão desta quinta-feira. O dólar chega ao final da tarde com leves oscilações enquanto o índice da moeda no exterior subiu com a busca por ativos seguros. Os juros fu