Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 24/01/2020

O Ibovespa ontem reverteu a baixa com bancos e bateu novo recorde de fechamento, acima dos 119 mil pontos, mesmo com commodities pressionadas pelo receio de queda na demanda com o coronavírus de origem chinesa. Tal preocupação pode ter limitado momentaneamente a queda do dólar, mas não impediu que o real registrasse a melhor performance entre 24 divisas emergentes, com mercado motivado por captações. Os juros futuros subiram por conta do IPCA-15 de janeiro perto da estimativas, mas com núcleos, serviços e difusão piores. Entretanto, entrevista do presidente do BC, Roberto Campos Neto, ao Valor, mostrando-se tranquilo com o comportamento da inflação, mitigou o movimento de alta e reforçou apostas de corte de 0,25 pp na Selic em fevereiro. No EXTERIOR, as bolsas americanas operam perto da estabilidade, reduzindo a queda vista mais cedo em meio a preocupações de que o vírus originário na China possa se espalhar e afetar o crescimento global. Menos de 20 mortes foram registradas, e a Organização Mundial da Saúde optou por não considerar o surto uma emergência de saúde pública de interesse internacional, mas os operadores evitam o risco com temor de que o surto possa se transformar em algo como a doença respiratória SARS. As autoridades de saúde chinesas expandiram as restrições de viagem além do epicentro do início do surto que matou pelo menos 17 pessoas, à medida que aumenta a pressão sobre a China para conter a doença. O Departamento de Estado dos EUA pediu aos viajantes à China maior cautela enquanto estiverem no país, e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças recomendaram que os viajantes evitem viagens não essenciais para Wuhan. A Comissão Nacional de Saúde da China relatou 571 casos confirmados de coronavírus até 22 de janeiro. O número de infecções pode passar de 6.000, disse Caixin, citando estimativas de médicos que trabalham em hospitais em Wuhan e não puderam ser identificados.


Hoje as bolsas europeias sobem mais de 1% e interrompem quedas causadas pelo novo coronavírus na China. Com isso, foco pode ficar com os balanços e dados globais, que têm sido positivos. A menos de uma semana do Fomc, EUA divulgam PMI (atividade), após dado similar no Reino Unido esta manhã superar estimativas. No Brasil, Ibovespa conta com exterior para sustentar rali rumo aos 120.000 pontos. No câmbio, bom momento do real depende de captações externas continuarem. Destaque da agenda é palestra de Campos Neto, após sua entrevista ao Valor ontem mostrar tranquilidade com inflação e elevar apostas em corte da Selic. Atividade no Brasil volta a ser testada por Caged e sentimento do consumidor. Na cena corporativa, ministro diz que Vale deve elevar produção para recorde e oferta da Minerva movimenta R$ 1,235 bi. Na política, proposta de tirar a segurança da Justiça recria tensão entre Moro e Bolsonaro.


Bom dia e um excelente final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 22/10/2021

Ontem: Ativos brasileiros foram duramente penalizados nesta quinta-feira pelas propostas de mudança no teto de gastos para acomodar despesas com novo programa social do governo, o Auxílio Brasil. Dóla

Morning Call - 21/10/2021

Ontem: Declarações do ministro Paulo Guedes ao final da tarde de que o governo avaliava um waiver para gastar mais temporariamente e estudou antecipar revisão do teto de gastos fizeram com que o dólar

Morning Call - 20/10/2021

Ontem: Ativos brasileiros afundaram em meio a uma reprecificação geral relacionada ao risco de “fim” do teto de gastos, a partir da proposta de programa social do governo de R$ 400 com parte do pagame