Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 23/11/2020

Ontem: O dólar subiu mais de 1%, já que investidores aproveitaram a oportunidade aberta pelas quedas da semana para entrar na compra, de olho na perspectiva de aumento da demanda pela moeda para redução do overhedge ao final do ano. Os juros futuros foram afetados pelo câmbio e também pela ausência de notícias que pudessem trazer alento aos receios com a situação fiscal, o que levou taxas intermediárias e longas a altas de dois dígitos. O Ibovespa caiu e encerrou a semana aos 106.000 pontos. O índice foi influenciado pela fraqueza das bolsas em NY, que refletiam preocupações com o conflito entre a Casa Branca e o Fed em torno da manutenção de programas de empréstimos emergenciais para preservar a economia. O Secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, pediu ao presidente do Fed, Jerome Powell, a devolução do dinheiro que o governo forneceu ao banco central para empréstimos em momentos de estresse. O Fed pediu que o conjunto de medidas seja mantido até 2021.


Hoje: Notícias sobre avanços das vacina voltam a se sobrepor à cautela com a 2ª onda da pandemia nos EUA, garantindo um viés positivo para os mercados. Bolsas, commodities e maioria das moedas emergentes sobem numa sessão que abre semana que deve ter liquidez menor com feriado americano do Thanksgiving, seguido pela Black Friday. No Brasil, Banco Central é destaque na agenda com pesquisa Focus e nova fala de Campos Neto um dia antes do IPCA-15 de novembro, que deve superar meta no comprativo anual. Guedes fala em três eventos após dizer que padrão fiscal volta ao normal em janeiro. Vacinas também seguem em foco no Brasil depois que o país superou os 6 milhões de pessoas infectadas pelo coronavírus na sexta-feira. Noticiário ainda destacou no fim de semana os protestos depois da morte de homem negro em loja do Carrefour.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt