Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 23/06/2020

Ontem: O dólar teve a segunda sessão seguida de queda, em linha com o enfraquecimento do Índice Dólar e a valorização de divisas emergentes relacionadas a commodities. Já a bolsa destoou da alta em NY e teve a primeira baixa em cinco dias, em movimento de realização de lucros e também em meio a ajustes técnicos de posicionamento, que levaram juros futuros longos à alta. Noticiário político do fim de semana não teve maior efeito sobre um mercado que conferiu mais peso à aproximação do governo com os partidos do centrão. LÁ FORA, as bolsas subiram lideradas pelas ações de tecnologia, à medida que investidores apostam em boas perspectivas para essas empresas com aumento do home office inclusive após a pandemia.


Hoje: Clima positivo após Trump dizer que acordo com China está “intacto” predomina no exterior neste dia em que ata do Copom municia ao mercado mais clareza sobre a disposição para se testar mais um degrau abaixo da mínima histórica de 2,25% da Selic. Presidente do BC, Roberto Campos Neto, falará duas vezes e em uma delas anunciará novas medidas de combate aos efeitos da Covid-19. Mesmo com a pandemia, CMN poderá fixar a meta de inflação de 2023 num patamar abaixo de 3,5% ao ano. Enquanto prossegue debate sobre controle da curva ascendente de contágio do vírus no Brasil, Toyota reabre 3 de 4 fábricas, enquanto Aliansce Sonae fecha dois shoppings temporariamente em função do aumento da ocupação de leitos nas respectivas regiões. Senado pode votar PEC que adia eleições em desdobramento que pode favorecer o centrão.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt