Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 22/05/2020

Ontem: Os ativos brasileiros tiveram um dia positivo, ainda que o mercado americano tenha sofrido com a crescente tensão entre EUA e China. A fala do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, na véspera, sobre poder ampliar intervenção no câmbio em caso de necessidade e a trégua entre Bolsonaro e governadores, que selou acordo para vetar reajuste a servidores, ajudaram no alívio do dólar, dos juros futuros e na alta da bolsa. Participantes do mercado também reduziram posições compradas em dólar diante do enfraquecimento da moeda americana nos últimos dias frente a divisas emergentes e foi notado fluxo de entrada pela manhã. Bancos dispararam mais de 5% e impulsionaram o Ibovespa. Os sinais de reabertura das economias seguem como pano de fundo para um alento, mas ainda há muitas incertezas pela frente. LÁ FORA, as bolsas americanas terminaram a sessão em queda com o aumento da tensão entre EUA e China somando preocupações em relação ao ritmo de recuperação da economia. A China rechaçou as críticas de Donald Trump sobre a conduta de Xi Jinping durante a pandemia. As perdas de emprego nos EUA continuam; os pedidos de seguro-desemprego alcançaram 2,44 milhões na semana encerrada em 16 de maio, em linha com as estimativas.


Hoje: Fatores externos e internos ameaçam interromper o forte rali dos ativos brasileiros, que superaram com folga seus pares externos ontem com o apoio dos governadores ao veto de Bolsonaro ao reajuste dos servidores e com a postura vigilante do BC no câmbio. Lá fora, bolsas, moedas emergentes e commodities caem com plano da China de impor lei de segurança nacional a Hong Kong, ameaçando escalar as tensões com os EUA. No Brasil, suspense é garantido pela possível decisão, até às 17:00, do ministro Celso de Mello, do STF, sobre o vídeo da reunião ministerial citada por Moro. Se divulgado na íntegra, vídeo tem potencial de elevar a temperatura na política em meio a um cenário de aceleração da Covid-19 no país. Últimos números mostram os casos no país superando os 310.087, com recorde de 1.188 mortes em 24 horas. Agenda de dados locais é vazia.


Bom dia e bom final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt