Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 21/05/2021

Ontem: O estresse da vespera com a ata do Fomc deu lugar a uma assimilação melhor da leitura do documento e o resultado foi uma recuperação dos ativos nesta quinta-feira. Os yields dos Treasuries 10 anos caíram, o índice dólar se enfraqueceu, as bolsas em NY subiram mais de 1%. Foi o pano de fundo para uma queda do dólar e dos juros futuros no mercado local. Câmbio e Juros também foram beneficiados pela redução da oferta de títulos prefixados e aumento dos lotes de pós-fixados pelo Tesouro e pelo avanço da MP da Eletrobras ontem à noite. Só o Ibovespa destoou, encerrando pregão perto da estabilidade, com o fôlego reprimido pela queda de commodities como minério de ferro e petróleo, o que pesou na Vale, siderúrgicas e Petrobras. No segundo dia de depoimento na CPI da Pandemia, o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse que tentou o tempo todo comprar vacina da Pfizer, que não comprou nenhum comprimido de cloroquina e que medidas de isolamento não são cientificamente provadas.


Hoje: Sessão começa com viés levemente positivo no mercado global, encerrando semana volátil. Bolsas ensaiam alta com PMIs acima do previsto na zona do euro e EUA divulgarão índices similares após seguro-desemprego ontem indicar vigor econômico. Índice dólar tem leve baixa e commodities alternam ganhos e perdas. Em dia de agenda esvaziada no Brasil, a B3 tem vencimento de opções que estreia sistema automático e o BC faz rolagem final de swaps no mês. Secretário Funchal fala sobre relatório de receitas e despesas primárias e Campos Neto reúne-se com Moody´s para abertura de missão. Em Brasília, após MP da Eletrobras passar na Câmara, reforma administrativa prepara-se para ser votada na CCJ enfrentando primeiras mudanças.


Bom dia e bom final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Ontem: A fala de Bruno Serra vista como dovish (flexível) pelo mercado derrubou os juros futuros e ajudou a reduzir a precificação de alta da Selic para as próximas reuniões. O diretor de Política Mon

Sexta: Jerome Powell deu alívio aos mercados ao final de uma semana marcada por forte volatilidade. O presidente do Fed afastou um aperto de juros mais agressivo nas próximas reuniões, apesar de númer

Ontem: A volatilidade dominou a sessão desta quinta-feira. O dólar chega ao final da tarde com leves oscilações enquanto o índice da moeda no exterior subiu com a busca por ativos seguros. Os juros fu