Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 18/01/2021

Sexta: O agravamento da pandemia em Manaus reacendeu a preocupação com a situação fiscal do país e esquentou o clima político, o que também pesou sobre o dólar e os juros futuros, em dia de cautela externa. Rodrigo Maia pediu convocação de comissão para discutir a tragédia, João Doria e Jair Bolsonaro trocaram críticas. O dólar subiu quase 2% após renovar máxima acima de R$ 5,30, juros futuros descolaram de movimento de perda de prêmio dos yields e o Ibovespa voltou aos 120.000 pontos, em queda de mais de 2%. No exterior, dólar índice subiu e o rendimento dos Treasuries cedeu diante de certa cautela com a possibilidade de os congressistas americanos diluírem parte do pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão apresentado por Joe Biden.


Hoje: Bolsas globais e moedas emergentes recuam antes da posse de Biden, que sinaliza regulação mais forte nos EUA, e com avanço global do coronavírus e medida de Trump contra a Huawei. Cautela externa em dia de feriado americano contrabalança PIB e produção industrial da China, que superam previsões e impulsionam o minério de ferro. No Brasil, receios com números elevados da Covid ganham alívio com aprovação de vacinas pela Anvisa e início da imunização em São Paulo hoje e nacionalmente na quarta. Agenda destaca IBC-Br, pesquisa Focus e IPC-S enquanto mercado espera que Copom esta semana mantenha Selic e discuta retirada do forward guidance de taxa estável. Bolsa tem vencimento de opções. Na cena corporativa, Carrefour cai na França após Couche-Tard abandonar negociação e JBS antecipa resgate de títulos.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt