Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 17/11/2020

Ontem: Resultado promissor da vacina da Moderna contra a Covid-19 trouxe ganhos aos mercados de ações globais e enfraquecimento do dólar, com reflexo direto nos ativos brasileiros. O Ibovespa alcançou o patamar dos 106.000 pontos e rumou para o maior nível desde o começo de março, antes de a pandemia afetar mais o mercado brasileiro. O dólar chegou a recuar quase 2% na mínima, a R$ 5,3663, embora o movimento tenha perdido força à tarde, com investidores aproveitando as cotações mais baixas para comprar, ante a expectativa de demanda maior ao final do ano com saídas sazonais e redução de overhedge. Os juros futuros recuaram na maioria dos vencimentos, mas alguns vértices médios e longos passaram a subir, junto com a redução da baixa do dólar e com ausência de notícias mais assertivas sobre andamento da agenda da votações após o primeiro turno das eleições municipais. Lá fora, as bolsas americanas subiram. Papéis ligados à reabertura econômica contribuíram para a valorização dos índices enquanto ações de tecnologia que mais se beneficiaram do isolamento social caíram. Oposição de equipe do presidente eleito Joe Biden a um lockdown nacional e dados de retomada econômica na China também contribuíram para sentimento.


Hoje: BC inicia rolagem de swaps de janeiro e diz que pode recalibrar montante conforme condições do mercado, em um 1º sinal de que poderá atuar para suavizar impacto do ajuste do overhedge no fim do ano, segundo analistas. Sinalização tem efeito baixista para dólar, embora falta de avanço em reformas jogue contra os ativos domésticos. Líder do governo fala em destravar pauta amanhã, mas vice Mourão mostra ceticismo com agenda antes de fevereiro. Campos Neto, que ontem reiterou política monetária estimulativa, participa de evento da Febraban e Kanczuk se reúne com economistas do mercado. Ainda no Brasil, governo comenta estimativas sobre o PIB e a inflação, enquanto IPC-Fipe continua pressionado. No exterior, dados do varejo e indústria dos EUA e mais uma fala de Lagarde são destaques. Nesta manhã, bolsas globais fazem pausa no rali enquanto mercado monitora avanço da covid. Cena corporativa traz precificações de IPO da Rede D’Or e oferta da Burger King Brasil.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt