Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 17/04/2020

Ontem: A recuperação das bolsas americanas ao final da tarde, com declarações de Trump de que alguns estados poderiam reabrir empresas e escolas antes de 1º de maio, não foi suficiente para tirar o Ibovespa do vermelho. O índice foi pressionado por Petrobras - após petróleo voltar a cair abaixo de US$ 20 o barril - e pelo setor financeiro, concluindo a segunda baixa seguida. O dólar teve a segunda alta consecutiva, na esteira da valorização da moeda americana no exterior, como ativo de segurança dos investidores, e das perdas das divisas emergentes. Contudo, reduziu avanço após a fala de Trump. Os juros futuros longos caíram, curtos encerraram sessão regular perto da estabilidade e a curva seguiu perdendo inclinação, após aprovação em 1º turno no Senado da PEC que ampliou o poder do BC. Mandetta foi demitido do Ministério da Saúde, em meio a críticas de Bolsonaro, e substituído pelo oncologista Nelson Teich. No EXTERIOR, Trump disse a governadores em teleconferência que alguns estados poderiam reabrir empresas e escolas antes de 1º de maio; já o governador de Nova York, Andrew Cuomo, estendeu o lockdown até pelo menos 15 de maio. Governadores do centro-oeste americano começaram a trabalhar em medidas para reabrir a economia. O Reino Unido estendeu o lockdown por três semanas; números de novos casos subiram na Espanha, Itália e Alemanha. Mais de 5 milhões de americanos solicitaram seguro-desemprego na semana passada, elevando o total no mês para 22 milhões e apagando uma década de criação de empregos. Hoje: O plano de Trump para retomada da economia dos EUA, mesmo deixando decisões mais duras com governadores, sustenta alta das bolsas globais e contrabalança o pior resultado do PIB chinês desde ao menos 1992. Alívio externo é parcial e não envolve o petróleo, que estende declínio. Ainda assim, ações em alta no exterior podem ajudar a compensar o quadro político interno conturbado. Após demissão de Mandetta ser assimilada sem sustos no mercado, Bolsonaro faz duro ataque a Maia, acusando-o de conduzir o país ao caos. Presidente da Câmara, por sua vez, responde dizendo que ataque é truque para mudar a pauta após saída de ministro. Em meio a números ascendentes do coronavírus, novo títular da Saúde promete alinhamento com Bolsonaro, que mantém discurso contra isolamento. Agenda destaca relatório de produção da Vale, após fechamento, e entrevista da Petrobras, além de prévia do IGP-M. IPC-Fipe tem deflação e é mais um dado que pode alimentar apostas em cortes da Selic, apesar dos riscos fiscais ampliados. Bom dia e bom final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt