Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 16/04/2021

Ontem: Dólar e juros futuros estenderam baixa com o benefício de mais um dia favorável no exterior, onde yields dos Treasuries e a moeda americana cederam, ainda sob o sinal do Fed de que levará tempo para a alta das taxas, mesmo com dados fortes de atividade nos EUA. Os juros foram ajudados ainda pelo leilão do Tesouro, que vendeu todos os títulos de sua oferta, mesmo com lotes maiores de prefixados. A bolsa se mostrou mais sensível do que o segmento de juros aos receios com o Orçamento e isso limitou a alta do índice. Hering teve maior avanço em 17 anos após rejeitar proposta de combinação de negócios com Arezzo. NY renovou recordes, com vendas no varejo e dados semanais de pedidos de seguro-desemprego a reforçar a recuperação acelerada da economia norte-americana. Rendimentos dos Treasuries de 10 anos tiveram maior queda desde fevereiro. No STF, a plenaria manteve a anulação das condenações de Lula na Lava Jato, enquanto no Senado, Rodrigo Pacheco designou os integrantes da CPI da Covid-19 indicados pelos líderes.


Hoje: Mercado global ensaia um respiro nos ganhos estendidos ontem pela combinação de crescimento da economia, balanços sólidos e queda dos yields assegurada pelo Fed dovish. Futuros de ações e moedas emergentes operam de lado, mas o rali subsiste em alguns segmentos. As bolsas na China e commodities como o minério de ferro sustentaram a alta após dados confirmarem crescimento forte da 2ª maior economia do mundo no 1º trimestre. No Brasil, quadro permanece incerto sobre orçamento a menos de uma semana do prazo, que vence dia 22. STF reitera cancelamento da condenação de Lula, tornando-o elegível para 2022. Bolsonaro diz que só Deus o tira do cargo, respondendo à notícia de que ministra Cármen Lúcia, do STF, deu cinco dias para Lira explicar porque não analisou pedidos de impeachment. Agenda fraca traz reunião do conselho da Petrobras, que deve confirmar Silva e Luna como CEO, e IPC-S aqui. EUA divulgam sentimento de Michigan e dados de moradias. IPOs seguem como destaques corporativos.


Bom dia e bom final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt