Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 16/04/2020

Ontem: Os mercados tiveram mais um dia de aversão a risco, com dados americanos e balanços de bancos a mostrar fortes impactos negativos da pandemia de coronavírus. O petróleo acirrou o estresse e chegou a cair abaixo de US$ 20 o barril depois que a Agência Internacional de Energia disse que a demanda pela commodity está caminhando para o maior colapso anual da história. O dólar subiu, as bolsas caíram em todo mundo, os rendimentos das treasuries recuaram em reflexo da busca dos investidores por segurança. Ao final da tarde, o petróleo WTI reverteu a baixa. O Departamento de Energia do governo Trump está considerando pagar aos produtores para não produzirem, segundo altos funcionários que pediram para não serem identificados. O esforço vem depois de que acordo entre Opep e aliados para reduzir a produção foi insuficiente para deter a queda na demanda, com lockdowns em todo o mundo. O Ibovespa caiu com NY, em sessão marcada por vencimento de opções sobre índice. A curva de juros continua a desinclinar, com mercado à espera da aprovação, ainda hoje pelo Senado, da PEC do orçamento de guerra que dará mais poderes ao BC. Hoje: Bolsas ensaiam recuperação de parte da queda anterior enquanto investidores esperam diretrizes de Trump para relaxar isolamento. Nova rodada de indicadores nos EUA, como seguro-desemprego, e balanços podem mostrar efeito da pandemia. Cautela se mantém no mercado cambial e dólar sustenta alta contra moedas emergentes. China divulga PIB às 23:00. No Brasil, Mandetta usa tom de despedida em entrevista à Veja. Diz que já chega e aguarda indicação de substituto. Com ministro de saída, país registra mais de 3.000 novos casos da Covid-19 em um dia pela 1ª vez. Agenda doméstica reduzida traz conferência da Fitch e IPC-S. Senado aprova em 1º turno a PEC do Orçamento de Guerra com restrições à ação do BC na crise e medida voltará à Câmara. Na cena corporativa, MRV posterga lançamentos e, segundo Estado, Itaú e Bradesco devem puxar fila em emissão de letras garantidas. Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt