Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 14/05/2021

Ontem: Os juros futuros cederam e o Ibovespa subiu 0,8%, na esteira da correção externa às fortes perdas da véspera, ainda que o dado americano de preços ao produtor tenha vindo acima das previsões, tal qual o CPI na vespera. O dólar seguiu o alívio na maior parte do dia, mas ao final da tarde estava mais perto da estabilidade, em linha com os movimentos do mercado internacional de moedas. Ministro Paulo Guedes disse que o câmbio já fez overshooting e dólar deve recuar para equilíbrio. Segundo ele, reformas tributária e administrativa serão aprovadas em 2021 e mostrarão que câmbio está fora do lugar. Bancos lideraram a alta do Ibovespa e Vale pesou na ponta oposta, com minério de ferro em baixa. Petrobras subiu antes de divulgar balanço do primeiro trimestre. As bolsas americanas subiram com migração de papéis de crescimento para valor após sinais de fortalecimento do mercado de trabalho reduzirem preocupações com a inflação.


Hoje: Bolsas globais e moedas emergentes avançam, sugerindo que o mercado global pode encerrar de forma mais tranquila uma semana marcada por forte volatilidade. Dados de varejo e produção industrial nos EUA saem ao longo da manhã e ainda podem afetar as expectativas sobre atividade e inflação, embora seja pouco provável que revertam a postura ainda dovish do Fed, mais focada nos números de emprego. No Brasil, agenda é vazia de indicadores e destaca falas de Campos Neto e Bruno Serra um dia após o IBC-Br acima do previsto de março levar bancos a aumentarem projeções do PIB. Bolsa ainda reage à Petrobras, que anunciou Ebitda acima do previsto, enquanto lucro da Magazine Luiza superou estimativa. Em Brasília, STF limita impacto em decisão sobre ICMS, mas perda em julgamento pode levar governo a acelerar reforma.


Bom dia e bom final de semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Ontem: A fala de Bruno Serra vista como dovish (flexível) pelo mercado derrubou os juros futuros e ajudou a reduzir a precificação de alta da Selic para as próximas reuniões. O diretor de Política Mon

Sexta: Jerome Powell deu alívio aos mercados ao final de uma semana marcada por forte volatilidade. O presidente do Fed afastou um aperto de juros mais agressivo nas próximas reuniões, apesar de númer

Ontem: A volatilidade dominou a sessão desta quinta-feira. O dólar chega ao final da tarde com leves oscilações enquanto o índice da moeda no exterior subiu com a busca por ativos seguros. Os juros fu