Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 13/04/2020

Quinta: O bom humor externo perdeu um pouco de fôlego durante a tarde, a partir da queda do petróleo, com avaliações de que o corte de produção da Opep será insuficiente para sustentar os preços, e o anúncio do Fed de redução de ritmo de compras de títulos do Tesouro. O dólar e os juros futuros reduziram queda, enquanto a bolsa passou ao terreno negativo, puxada pelas perdas de Petrobras e bancos. Ainda assim, o S&P 500 subiu mais de 1% e encerrou a melhor semana desde 1974, com alta de 12%, após as medidas do Fed, que anunciou um pacote adicional de US$ 2,3 tri. Ibovespa também subiu 12% na semana, a maior alta semanal em 4 anos, enquanto o dólar caiu quase 5% no mesmo período. Câmara adiou votação de socorro a estados e municípios que poderia custar R$ 180 bilhões. Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse não ser favorável à tese “perigosa” de imprimir dinheiro porque a inflação está baixa. No EXTERIOR, o Fed anunciou uma série de medidas de liquidez para fornecer até US$ 2,3 trilhões em ajuda adicional durante a pandemia de coronavírus, incluindo o início de programas para auxiliar pequenas e médias empresas, além de governos estaduais e locais. Jerome Powell disse que o Banco Central dos EUA se comprometeu a usar todos os seus poderes “de forma vigorosa, pró-ativa e agressiva” para ajudar o país a se recuperar da pandemia. Hoje: Reação dos mercados da semana passada, marcada por sinais de estabilização da pandemia, faz pausa nesta manhã, com baixa das ações e moedas pares do real. Volatililidade volta a subir e petróleo devolve maior parte de alta superior a 8% após acordo da Opep+. No Brasil, Senado pode votar Orçamento de Guerra, mas maior raio de ação para BC sofre resistência, ao passo que deputados discutem ajuda a estados que gera maior custo fiscal. Em meio a números ascendentes do coronavírus, Bolsonaro volta a entrar em conflito com medidas de isolamento e trégua com Mandetta sofre revés. No mercado, BC faz repo com títulos soberanos e rolagem de swaps. BC ainda divulga Focus após Guedes admitir queda de 4% do PIB se crise não for revertida até julho. Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt