Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 13/02/2020

Ontem: O dólar superou os inéditos R$ 4,35 e renovou o recorde de fechamento, após decepção com dado de vendas do varejo em dezembro, que derrubou as taxas do DI futuro e ampliou a perspectiva de carry trade reduzido que prevalece desde o ano passado sobre a moeda brasileira. Ao mesmo tempo, a busca por dólar também reflete uma estratégia de hedge para a compra de ações na bolsa. O Ibovespa subiu mais de 1%, favorecido pelo alívio no exterior em relação ao coronavírus e puxado por Vale e Petrobras. No EXTERIOR, o S&P e o Dow Jones bateram novos recordes e o petróleo foi negociado acima dos US$ 50 o barril com o aumento do otimismo de que a economia global deve se recuperar do impacto do coronavírus e diante de sinais de que a disseminação da doença está desacelerando. Na China, a província de Hubei reportou o menor número de novos casos da doença neste mês e as suspeitas de infecções na China continental caíram.


Hoje: Guedes volta a endossar a alta do dólar ao dizer que câmbio alto é bom para todo mundo e é natural Selic por volta de 4%. Na GloboNews, Campos Neto reitera que câmbio é flutuante e diz que dólar tem subido sem piora do risco país e das expectativas inflacionárias. Falas de ambos sugerem que não haverá ação no câmbio, embora comentário similar de Guedes anteriormente tenha feito o dólar disparar, o que levou o BC a agir com leilão à vista. Humor negativo volta no exterior e bolsas caem após casos do coronavírus saltarem com novo tipo de diagnóstico. Agenda externa destaca CPI nos EUA. No Brasil, dado de serviços é novo teste para atividade após varejo frustrante derrubar juros ontem, mas sem segurar a bolsa.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt