Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 12/12/2019

Após reação inicial amena à decisão do Fomc amplamente esperada de manter os juros estáveis, o dólar voltou a ampliar a queda aqui e no exterior com falas do presidente do Fed, Jerome Powell ontem. As bolsas nos EUA subiram, enquanto o índice dólar foi para a mínima do dia depois que o presidente do Fed sinalizou que manteria a política um tanto “acomodatícia”. Powell disse ainda que a postura da política monetária seguirá como está a não ser que haja uma mudança significativa de cenário. Os juros futuros se mantiveram praticamente sem variação ao longo do dia, à espera do Copom após o fechamento do mercado. O Ibovespa teve reação modesta ao banco central americano. O Copom cortou a Selic para 4,5% e retirou a menção a “novos estímulos”, mas manteve a porta aberta para possível nova redução de juros ao baixar projeções de inflação mesmo com economia ganhando tração e dólar mais alto. O tom moderado do BC favorece o mercado acionário, mas deixa dúvida sobre o câmbio, ao sinalizar que o retorno do carry trade pode se estreitar ainda mais. O bom momento dos ativos brasileiros, ainda pôde ser reforçado pela melhora da perspectiva do país pela S&P ontem a noite. O CDS teve a 7ª queda seguida, abaixo de 110 pontos. A aprovação do marco do saneamento também favorece o humor.


Hoje o dia começa levemente positivo para bolsas e moedas. Agenda traz PPI nos EUA e, aqui, leilão do Tesouro e dado de serviços.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt