Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 11/02/2020

Ontem: As incertezas com a disseminação do coronavírus e com a retomada do curso normal do trabalho e dos mercados na China, após o feriado estendido, derrubaram as commodities e levaram o Ibovespa ao menor nível desde dezembro. O dólar renovou recorde intradiário, acima de R$ 4,32, e bateu mais uma marca histórica de fechamento, ainda que a alta de ontem tenha sido discreta, ao final de uma sessão que demorou para firmar rumo. Investidores estão olhando não só para os números de contágio e mortes pelo vírus, mas também para a retomada, aos poucos, das atividades das empresas na China. Os juros futuros cederam com estimativas mais baixas para a inflação de 2021 no grupo que mais acerta previsões na Focus, depois do IPCA abaixo do esperado. No EXTERIOR, as bolsas americanas subiram. Investidores americanos deixaram de lado as preocupações com o impacto do coronavírus na economia enquanto aguardavam a divulgação de mais resultados corporativos.


Hoje: O mercado de juros avalia a Ata do Copom, que deve esclarecer pontos que geraram dúvidas sobre a interrupção da queda de juros. Apesar do sinal de pausa, dados baixos de inflação estimulam apostas - ainda residuais - em novo corte da Selic. O mercado de câmbio monitora fala de Powell, do Fed, às 12:00, em manhã de sentimento positivo nos mercados globais. Bolsas e commodities sobem e dólar recua ante pares do real. Na China, número de mortes supera 1.000, mas governo tenta levar empresas a retomar a produção. No Brasil, IPC-Fipe desacelera mais que o previsto e agenda ainda traz prévia do IGP-M, além da produção da Vale e fixação de preços em ofertas da Cogna e Moura Dubeux. Lucro do Itaú fica em linha (R$ 28,3 Bi em 2019) e produção da Petrobras supera expectativas.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt