Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 09/09/2020

Ontem: A volta do feriado foi de perdas para os ativos brasileiros, envolvidos pela onda de aversão global a risco que derrubou bolsas e fortaleceu dólar e Treasuries como opções mais seguras de investimento. Novamente as ações de tecnologia puxaram para baixo os índices acionários em NY e a disputa EUA/China voltou ao foco depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que planeja acabar com a dependência dos Estados Unidos ao país. Ele também fez novas ameaças a empresas americanas que negociam com os chineses. Moedas emergentes foram pressionadas e commodities caíram, levando Vale e Petrobras a liderarem queda de mais de 1% do Ibovespa, enquanto Oi subiu após aceitar proposta por Oi Móvel. Papéis de aéreas e shoppings também avançaram impulsionados por cenário de reabertura da economia doméstica. Dólar subiu 1,1% e juros futuros encerraram sessão regular em alta, com movimento também reforçado pelo salto no IGP-DI de agosto, acima do topo das estimativas. Na véspera da divulgação do IPCA, Jair Bolsonaro diz que não haverá tabelamento de preços, mas que supermercados devem ter lucro perto de zero com produtos essenciais. LÁ FORA, as bolsas americanas caíram pelo terceiro dia com a continuidade da baixa das ações de tecnologia enquanto investidores avaliam se rali do setor é sustentável. O índice Nasdaq caiu 4,1%, as ações da Tesla registraram queda histórica e a Apple eliminou quase US$ 140 bilhões em valor de mercado.


Hoje: Bolsas ensaiam reação após três quedas seguidas do S&P, lideradas pelo selloff em tecnologia. Petróleo brent volta aos US$ 40 e dólar freia ganhos. Mercado discute se é apenas uma pausa, devido a resistências técnicas, ou o fim da correção. Ação da AstraZeneca tem queda moderada após frustração com notícia de que empresa suspendeu teste com sua vacina. No Brasil, ativos acompanham abertura de NY, mas antes os juros podem reagir ao IPCA, que tem estimativa de desaceleração mensal apesar da forte pressão no atacado que vem inflando os IGPs. Em meio à alta dos alimentos, Bolsonaro tem reuniôes com Abras, Guedes, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e Campos Neto ao longo do dia. Segundo jornais, receio de perda de popularidade pode levar presidente a zerar tarifa de importação de alimentos. Agenda ainda traz presidente do BC em evento aberto. No corporativo, Petz precifica IPO e Petrobras inicia fase vinculante de venda de ativos na Bacia Santos. Credores da Oi aprovam aditamento de plano de recuperação.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt