Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 09/08/2021

Sexta: A volatilidade da manhã cedeu lugar a um alívio à tarde para os ativos brasileiros, visto como um ajuste e alguma recuperação depois do estresse da véspera diante de riscos fiscais e políticos. O dólar chegou ao final do dia perto da estabilidade e a bolsa firmou uma alta de 1%, com apoio de resultados positivos de empresas e avanços de Vale e bancos. Os juros encerraram a sessão regular também estáveis, mas a precificação na curva de juros seguia indicando apostas de alta da Selic além do 1pp sinalizado pelo Banco Central. Presidente do STF, Luiz Fux, e o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, reiteraram compromisso com diálogo institucional, após ataques do presidente Bolsonaro à corte, ao TSE e seus integrantes. Lá fora, o rendimento dos Treasuries de 10 anos subiu e o dólar se fortaleceu depois que o payroll acima do esperado alimentou as expectativas de que o timing para o Fed começar a reduzir os estímulos está se estreitando. Bolsas americanas subiram de olho no bom momento do mercado de trabalho.


Hoje: Commodities despencam com receios de aceleração da variante delta do coronavírus e de aperto monetário após payroll acima do previsto na sexta-feira. Dados chineses de inflação acima do esperado e da balança abaixo das previsões reforçam a cautela. Apesar da queda dos materiais básicos, bolsas e moedas pares do real estão mistas. No Brasil, saem IGP-DI e Focus na véspera da ata do Copom e do IPCA, após precificação de alta do juro encostar nos 1,25pp na última sessão. BC ainda não iniciou rolagem do próximo vencimento de swaps. Expectativa de BC hawkish ajuda a defender o real, mas volatilidade deve seguir elevada com incertezas fiscais e políticas. Semana movimentada em Brasília pode ter apresentações dos projetos do Bolsa Família e precatórios e votações do voto impresso e da privatização dos Correios. Poderes se articulam para reduzir tensão com Bolsonaro.


Bom dia e boa e semana

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 22/10/2021

Ontem: Ativos brasileiros foram duramente penalizados nesta quinta-feira pelas propostas de mudança no teto de gastos para acomodar despesas com novo programa social do governo, o Auxílio Brasil. Dóla

Morning Call - 21/10/2021

Ontem: Declarações do ministro Paulo Guedes ao final da tarde de que o governo avaliava um waiver para gastar mais temporariamente e estudou antecipar revisão do teto de gastos fizeram com que o dólar

Morning Call - 20/10/2021

Ontem: Ativos brasileiros afundaram em meio a uma reprecificação geral relacionada ao risco de “fim” do teto de gastos, a partir da proposta de programa social do governo de R$ 400 com parte do pagame