Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 09/05/2022

Sexta: Dólar avançou pela segunda sessão e os juros futuros subiram mais de 15 pontos em alguns vencimentos com a alta dos rendimentos dos Treasuries após números de emprego nos EUA em abril. Payroll fortaleceu a visão de que o mercado de trabalho segue apertado e deve levar o Fed a seguir com o aumento de juros. Por aqui, o BC iniciou a rolagem integral dos swaps cambiais de julho com oferta de até 15.000 contratos, um dia depois de encerrar a rolagem de junho. Colocação foi total. O Ibovespa caiu pela quinta semana seguida, assim com o S&P 500 que registrou a mais longa sequência de quedas desde junho de 2011. Vale liderou as perdas do índice. Entre os destaques positivos, Petrobras subiu com lucro robusto no primeiro trimestre, anúncio de distribuição de dividendos e alta do petróleo. O CEO disse que a estatal tem o dever de atuar alinhada à sua política de preços, após críticas de Bolsonaro. Bradesco também subiu após resultados, apesar de alerta sobre aumento da inadimplência neste trimestre.


Hoje: Ativos de risco intensificam queda numa extensão do efeito dos dados de emprego dos EUA de sexta-feira, que reiteraram a expectativa de um Fed agressivo. Bolsas globais caem, com perda do Nasdaq futuro perto de -2%, enquanto os yields dos treasuries sobem e o índice dólar amplia a alta no maior nível em quase dois anos. Petróleo e minério de ferro caem após premiê chinês alertar sobre efeito da guerra contra a Covid no emprego e dados mostrarem desaceleração das exportações do país. Mercados globais ainda aguardam dados de inflação nos EUA, China e Brasil na semana, que devem afetar o sentimento do investidor. Agenda local destaca IPC-S praticamente em linha na véspera da ata do Copom e antes do IPCA, dia 11. No noticiário corporativo, lucros do Itaú e BTG superam estimativas.


Bom dia e boa semana

Posts recentes

Ver tudo

Ontem: A fala de Bruno Serra vista como dovish (flexível) pelo mercado derrubou os juros futuros e ajudou a reduzir a precificação de alta da Selic para as próximas reuniões. O diretor de Política Mon

Sexta: Jerome Powell deu alívio aos mercados ao final de uma semana marcada por forte volatilidade. O presidente do Fed afastou um aperto de juros mais agressivo nas próximas reuniões, apesar de númer

Ontem: A volatilidade dominou a sessão desta quinta-feira. O dólar chega ao final da tarde com leves oscilações enquanto o índice da moeda no exterior subiu com a busca por ativos seguros. Os juros fu