Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 09/03/2021

Ontem: O mercado local mergulhou no estresse com a decisão do ministro Edson Fachin, do STF, de anular as condenações de Lula na Lava Jato de Curitiba, tornando o ex-presidente novamente elegível. O dólar chegou a subir acima de R$ 5,82 e fechou no maior nível desde maio de 2020, enquanto os juros futuros avançaram mais de 30 pontos nos vértices mais longos. O Ibovespa perdeu mais de 4% no seu pior momento. A avaliação entre analistas econômicos e políticos é de que Lula voltou ao jogo, o que amplia o risco eleitoral. A notícia veio num momento em que o mercado já operava com cautela diante da alta dos rendimentos dos Treasuries, do risco fiscal, da aceleração inflacionária e da desorganização no combate à pandemia, com recordes de casos. A relativa melhora do humor com a aprovação da PEC Emergencial no Senado, às vésperas da votação na Câmara, foi atropelada e a polarização eleitoral provavelmente será antecipada. A curva de juros aumentou a precificação de alta da Selic em março para 63 pontos, voltando a apontar chances de uma elevação mais agressiva do juro pelo Copom. Nos EUA, a queda das ações de tecnologia ganhou força durante a tarde e levou o índice Nasdaq às mínimas da sessão com investidores migrando para ações ligadas ao ciclo econômico.


Hoje: O risco eleitoral que o mercado esperava ver no radar só no 2º semestre pode ser antecipado após decisão do ministro Edson Fachin, do STF, de anular as condenações do ex-presidente Lula na Lava Jato de Curitiba. Percepção de aumento da polarização política e imprevisibilidade jurídica se somam ao quadro adverso da pandemia e ao risco fiscal, realçado por tentativa de Bolsonaro de retirar dispositivos da PEC emergencial, segundo o Estado. O mercado teme que a disputa precoce com o PT leve o presidente a se distanciar ainda mais da agenda liberal. Lula fala em coletiva às 13:30, dando o tom da agenda pós-decisão do ministro Fachin, que ainda pode ter recurso da PGR. Agenda econômica é fraca e destaca leilão de NTN-B e dado de serviços, além de balanços. Tensão política doméstica contrabalança manhã de recuperação no mercado global, com queda dos rendimentos dos títulos antes de leilão do Tesouro dos EUA. Futuros das ações nos EUA e moedas emergentes avançam, apesar do recuo do minério de ferro e das ações na China. Lucros da Magazine Luiza e Marfrig superam estimativas.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt