Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 07/12/2020

Sexta: A fraqueza do mercado de trabalho nos EUA acabou propiciando um aumento das expectativas por um pacote fiscal, o que alimentou nova rodada de apetite por ativos de risco no mundo. As bolsas americanas atingiram novos recordes e o Ibovespa subiu mais de 1%, acima dos 113.000 pontos, fechando a quinta semana seguida de avanço, com ganho de quase 3% no período. O dólar hesitou durante boa parte do dia, antes de firmar-se em baixa e bater mínimas ao final da tarde, intensificando a terceira queda semanal consecutiva. Os juros futuros reduziram ou apagaram a alta, em alívio da pressão vista depois do dado do mercado de trabalho americano.


Hoje: Bolsas e moedas emergentes caem com tensão EUA-China e impasse no Brexit, que ofuscam as perspectivas de estímulos e vacinas que têm embalado os ativos de risco nas últimas semanas. Libra puxa queda da maioria das moedas ante o dólar. Minério de ferro destoa do viés negativo e renova recorde com demanda na China, onde exportações superam estimativas. No Brasil, mídia destaca o surpreendente veto do STF à reeleição tanto de Maia quando Alcolumbre, o que zera o jogo da sucessão no Congresso. São Paulo pode divulgar hoje plano de vacinação, diz Globo, e Bolsonaro reitera sinal de que auxílio não será prorrogado ao dizer que não terá como socorrer necessitados se fechar tudo de novo. Na economia, Focus atualiza projeções e IGP-DI deve continuar elevado na véspera do IPCA e na abertura da semana do Copom. Agenda externa é fraca e mercados esperam estímulos com BCE na quinta-feira.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt