Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 07/07/2020

Ontem: O Ibovespa seguiu o otimismo externo e avançou mais de 2% nesta segunda-feira, alcançando o nível mais elevado em quatro meses. O apetite ao risco cresceu e impulsionou as bolsas americanas depois que a mídia estatal da China destacou a importância da promoção de um mercado acionário saudável pós-pandemia. Enquanto as ações de tecnologia foram destaques nos EUA, por aqui os bancos puxaram a alta do Ibovespa, junto com Vale e Petrobras. O mercado de câmbio doméstico manteve a tônica da volatilidade e o dólar subiu, com fluxo e baixa liquidez, sem notícias capazes de servir como catalisadores. Juros futuros curtos e médios encerraram sessão regular em alta, enquanto os longos recuaram. LÁ FORA, as bolsas americanas subiram, com ganhos de ações de tecnologia levando o índice Nasdaq a renovar máxima histórica. O S&P 500 subiu pela quinta sessão, maior sequência de altas desde dezembro. Ações da Amazon alcançaram US$ 3.000 pela primeira vez e a Tesla estendeu o rali de cinco dias para mais de 40%.


Hoje: Ações caem no exterior e devolvem parte da alta de ontem e dólar se valoriza contra moedas emergentes após dado frustrante de produção industrial na Alemanha. Notícias sobre ressurgência do coronavírus em vários países também persistem. No Brasil, Bolsonaro aguarda nesta terça-feira resultado do teste da Covid-19, mas apresenta bom estado de saúde, segundo o governo. Presidente do BC diz que pior ficou para trás na economia e dados indicam recuperação forte em V. Agenda de indicadores é esvaziada aqui e no exterior. Na cena corporativa, Vale precifica emissão de US$ 1,5 bi a 3,85%.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt