Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 05/11/2021

Ontem: Ativos brasileiros ampliaram perdas à tarde, em meio à percepção de risco para a PEC dos precatórios, aprovada na véspera em primeiro turno pela Câmara por margem pequena. Notícias de que partidos retirariam apoio à PEC levaram o dólar à máxima acima de R$ 5,62 e aumentaram a pressão sobre a curva de juros, ao mesmo tempo em que empurraram o Ibovespa às mínimas. O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse ao final da tarde que a PEC não vai ser enterrada e que tem expectativa de o quórum ser ainda maior na terça-feira, quando haverá o segundo turno da votação. A melhora do mercado, porém, foi pequena depois das declarações. A incerteza continua, já que a reversão na PEC poderia dar origem a um ‘plano B’ do governo, de impacto fiscal desconhecido, na busca para sustentação do seu programa social. Na bolsa, pesaram ainda balanços como os da Ultrapar e Rede D’or. No exterior, o destaque foi para a queda global dos yields, depois que o BoE manteve os juros estáveis, o que contrariou expectativas de alta de parte do mercado e levou a uma reavaliação da política monetária dos EUA. As bolsas por lá subiram e o petróleo cedeu com especulação sobre liberação de reservas estratégicas pelos EUA depois de a Opep+ ter mantido o plano de adicionar 400.000 barris por dia para dezembro.


Hoje: Bolsas têm leve alta e dólar sobe antes do payroll nos EUA. Mercado mostra cautela, embora apenas números muito acima ou abaixo do previsto devam afetar substancialmente os ativos depois de o BOE ontem repetir as sinalizações dovish anteriores do Fed e BCE. Petróleo e cobre sobem, mas minério de ferro aprofunda queda. No Brasil, Lira promete aumentar apoio à PEC dos Precatórios, após corroborar receios fiscais do mercado, ao dizer ontem que não há opção além de furar o teto. Mesmo que Câmara conclua votação, no Senado a tramitação pode ser demorada, segundo admite Pacheco no Poder360. Agenda local de dados é vazia. Leilão 5G será retomado hoje às 9:00 após arrecadar R$ 43 bilhões no 1º dia. Bradesco lucra R$ 6,77 bi no 3T e supera estimativa.


Bom dia e bom final de semana

Posts recentes

Ver tudo

Sexta: Apetite ao risco no exterior, enquanto operadores ponderaram chance de Fed desacelerar ritmo do aperto em setembro, e relatos de fluxo doméstico sustentaram a dinâmica positiva dos ativos locai

Ontem: Avanço dos yields e realização de lucros pressionam dólar, que fechou em alta superior a 1%. Moeda renovou a máxima perto de R$ 5,17 e real anotou o pior desempenho entre emergentes. Rendimento

Ontem: Reversão da queda dos yields americanos freou o ímpeto de queda do DI, que chegou a mergulhar pela manhã com o CPI abaixo do esperado nos EUA. Inflação americana aumentou chance de 0,50pp pelo