Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 05/04/2021

Quinta: Diante da dificuldade maior que a esperada para uma solução no impasse do Orçamento e de um feriado na sexta em que seria divulgado o payroll nos EUA, os investidores locais adotaram a cautela. O dólar subiu mais de 1% e o real teve a maior perda entre moedas emergentes, destoando dos pares, enquanto o Ibovespa caiu mais de 1%, sem conseguir acompanhar o rali em NY, onde o S&P 500 superou 4.000 pontos pela primeira vez. Há grande preocupação no mercado com as divergências entre a equipe de Paulo Guedes e o Congresso e isso também levou os juros futuros médios e longos à alta. O Tesouro teve seu papel no movimento dos juros ao ampliar a oferta de LTN, apesar de ter mantido lote longo limitado. Já a queda inesperada da indústria e recuo do PMI fizeram a precificação de alta da Selic em maio recuar, ainda que siga acima do 0,75 pp sinalizado pelo BC.


Hoje: Mercados podem respirar um pouco mais aliviados com sinais durante o feriado de solução para o imbróglio do orçamento. O próprio Bolsonaro teria indicado veto parcial da peça orçamentária, segundo a Folha. Campos Neto volta a mostra preocupação com o risco fiscal e reitera sinalização de nova alta de 0,75 pp da Selic. Mercado externo tem futuros das ações em alta após payroll muito acima do previsto na sexta-feira, enquanto petróleo cai com aumento da oferta pela Opep+. Liquidez tende a ser baixa com parte das bolsas asiáticas e europeias ainda fechadas. Ajuste interno ao feriado tende a ser reduzido. Moedas pares do real têm leves ganhos nesta segunda e anulam perdas moderadas da sessão anterior. Agenda destaca dados de inflação e Focus no Brasil e EUA divulgam PMI serviços e pedidos de bens duráveis e às fábricas. No noticiário corporativo, presidente do conselho deixa BB. Investidores ainda monitoram vacinação, após governo prometer imunização mais rápida este mês.


Bom dia e boa semana a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt