Buscar
  • Pedro Hernandez

Morning Call - 03/12/2021

Ontem: Juros futuros desabaram nesta quinta-feira, com perdas de mais de 20 pontos em vários vértices, após o PIB do terceiro trimestre mostrar que o país entrou em recessão técnica. O dado pior do que o esperado diminuiu a probabilidade de o Copom acelerar o ritmo de alta da Selic na próxima semana, como ainda esperava uma parte do mercado. À tarde, a aprovação do texto-base da PEC dos precatórios pelo Senado contribuiu para alguns vencimentos renovarem ou tocarem novas mínimas, antes de o movimento de queda ser suavizado. O dólar teve a primeira queda em cinco dias, com o real em linha com pares emergentes. O Ibovespa subiu forte desde a abertura, em recuperação das duas quedas anteriores, e intensificou o movimento favorecido pela aprovação da PEC e pelo ambiente de ganhos nas bolsas de NY, que subiram com a retomada de compras de algumas das ações mais atingidas no selloff dos dois dias anteriores.


Hoje: Bolsas globais operam mistas e índice dólar tem leve alta antes da divulgação do payroll, que sai às 10:30. Se o dado vier mais forte, pode ampliar as expectativas de os estímulos do Fed serem retirados mais cedo. Um número mais ameno, por outro lado, poderia ajudar o dólar a estender a queda de ontem, quando a aprovação da PEC dos precatórios impulsionou o real e ajudou o Ibovespa a disparar 3,7%. Agenda no Brasil traz produção industrial de outubro, que tem estimativa de alta mensal e será o 1º índice de atividade de maior peso deste trimestre, após o PIB do 3T colocar o país em recessão técnica e reduzir apostas num BC mais hawkish. No noticiário corporativo, Braskem antecipa R$ 6 bi em dividendos e Suzano dobra estimativa de capex para 2022. Empresas na bolsa podem se beneficiar da alta das commodities, com petróleo em destaque após decisão flexível da Opep+.


Bom dia e bom final de semana

Posts recentes

Ver tudo

Ontem: Em meio a uma sessão de volatilidade na véspera de decisão do Fed e com riscos geopolíticos relacionados à Ucrânia, os ativos brasileiros aproveitaram uma melhora de NY à tarde, movida por busc

Ontem: O cenário de aversão ao risco no exterior, com as tensões entre Rússia e Ucrânia, às vésperas de decisão do Fed sobre política monetária, contagiou os ativos domésticos. O Ibovespa perdeu em to

Sexta: O risco fiscal voltou a arranhar o humor para os ativos domésticos, após o presidente Jair Bolsonaro confirmar que o governo negocia com o Congresso uma PEC para “praticamente zerar” PIS/Cofins