Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 03/09/2020

Ontem: Ativos domésticos tiveram um dia de comportamentos desencontrados, após várias sessões de forte volatilidade pela incerteza fiscal. Os sinais de continuidade das reformas continuaram ecoando positivamente no mercado, com a expectativa de apresentação da reforma administrativa e depois da aprovação do marco do gás na Câmara. O dólar prolongou queda pelo segundo dia seguido e fechou na mínima, com baixa de quase 1%, enquanto o CDS caiu abaixo de 200 pontos, voltando ao nível do início da pandemia. Já o Ibovespa encerrou em leve queda por realização de lucros, na contramão de NY, após subir quase 3% na véspera. Lavvi caiu e Pague Menos subiu na estreia. Fleury foi destaque de alta após lançar plataforma de serviços de saúde. Juros futuros longos retomaram alta, após queda observada durante a manhã. Analistas também interpretaram fala do presidente do BC, Roberto Campos Neto, como mais hawkish, ao prever recuperação da economia e citar pouco espaço para corte de juros. Campos Neto defendeu que o Brasil deve retomar a austeridade fiscal após gastos com a pandemia. LÁ FORA, as bolsas americanas subiram e o S&P 500 bateu novo recorde, com a maior alta em quase dois meses.


Hoje: Governo já enviou ao Congresso a sua proposta de reforma administrativa, vista como uma das mudanças mais desafiadoras após a da Previdência, e deve anunciar detalhes às 10:00. Onda reformista também aparece na Câmara, com proposta de Maia sobre servidores da casa, enquanto a tributária pode ir a voto em comissão na 1ª quinzena de outubro. Produção industrial, que tem estimativa de alta em julho, e PMI serviços de agosto medem pulso da retomada. Agenda local ainda destaca Campos Neto em live. Ontem, ele disse que BC deve aprovar WhatsApp Pay. No exterior, bolsas europeias sobem com plano francês, mas commodities recuam com recuperação global do dólar. Seguro-desemprego e PMIs nos EUA ficam no radar antes do payroll amanhã. No corporativo, onda de IPOs segue firme.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt