Buscar
  • Mateus Cosac

Morning Call - 02/02/2021

Ontem: O Ibovespa subiu em torno de 2%, na esteira da alta das bolsas americanas e também na perspectiva de que as eleições para presidências da Câmara e do Senado sacramentassem uma direção pró-Bolsonaro no Congresso, com maiores chances de avanço na agenda reformista. A paralisação anunciada dos caminhoneiros, que não impactou as rodovias do país, também foi motivo de alívio. Dólar firmou queda à tarde com os rumos das eleições e real alinhou-se mais de perto aos pares após Rodrigo Maia descartar andamento a qualquer um dos pedidos de impeachment do presidente, segundo o G1. Juros futuros encerraram a sessão regular em leve alta, com mercado calibrando apostas da Selic em março. Nos EUA, S&P 500 rumou para o maior ganho em mais de 12 semanas, depois de vários estrategistas dizerem que a recente explosão de compras especulativas não prejudicará o mercado acionário altista.


Hoje: Arthur Lira é eleito na Câmara e Rodrigo Pacheco no Senado com placares relativamente folgados, em vitória dupla que dá ao governo fôlego extra na 2ª metade do mandato. Ambos reiteram declarações a favor de auxílio durante a pandemia, mas com respeito ao teto de gastos. Eleição fortalece Bolsonaro para 2022 e governo finaliza medidas econômicas para anúncio em breve, dizem jornais. Definição sem surpresas no Congresso abre caminho para mercado brasileiro acompanhar sentimento positivo global. Bolsas e petróleo sobem, enquanto dólar recua, com otimismo sobre estímulos e vacinas, além do refluxo nos receios sobre as disputas entre investidores de varejo e fundos de hedge. Balanços da Amazon e Alphabet são aguardados. Minério de ferro despenca. Relatório de produção da Vale, amanhã, e o da Petrobras hoje, após o fechamento, estão no radar. Bolsa ainda reage ao balanço do Itaú, que teve lucro pouco abaixo do previsto. Agenda externa é fraca. No Brasil, sai produção industrial de dezembro e Tesouro oferta NTN-B.


Bom dia a todos.

Posts recentes

Ver tudo

Morning Call - 18/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos e médios dispararam e a curva perdeu a inclinação após o Copom adotar uma comunicação hawkish e deixar janela aberta para acelerar ritmo de alta da Selic, caso as expect

Morning Call - 17/06/2021

Ontem: A previsão de dirigentes do Fed de que os juros nos EUA podem ter dois aumentos até final de 2023 - um ritmo de aperto mais rápido do que o esperado - trouxe pressão aos ativos no exterior e no

Morning Call - 16/06/2021

Ontem: Os juros futuros curtos estenderam a alta, no aguardo de decisões do Fed e do Copom. O dólar virou para a queda no período da tarde, com fluxo vendedor e também na esteira da expectativa de alt